As salas de ensaio de grandes bandas de São Paulo, devem ficar mais vazias nesse final de semana. Bandas Marciais de São Paulo estão cancelando ensaios nesse final de semana, devido ao risco de contágio por Covid-19, nos ambientes de trabalho das bandas.

Corporações como a Banda Marcial Lyra Santana de Parnaíba, cidade onde ocorreu um caso de contágio de Covid-19, cancelaram os ensaios desse final de semana. Outras, como a Orquestra de Metais Armando Arruda Pereira e a BAMASCS, Banda Marcial Municipal de são Caetano do Sul, estão suspendendo suas atividades por tempo indeterminado. Já em Mauá, o maestro Marim Meira, informou a redação do Em frente. Marche!, que a Lyra de Mauá seguirá as orientações da secretaria de saúde do município.

Comunicado BAMASCS

Comunicado Banda Armando Arruda Pereira

Esse movimento busca evitar aglomerações que facilitem a circulação do vírus dentro das bandas. No fim da tarde de ontem (13), em coletiva de impressa, o secretário de saúde da capital, o governador do estado e outras autoridades, se reuniram para anunciar a suspensão gradual das aulas na rede pública de ensino de São Paulo. As aulas deverão estar completamente suspensas até o dia 23 de março.

O Em frente. Marche! publicou um episódio especial, comentando sobre a evolução do coronavírus em território nacional, e com informações muito importantes para as bandas que não tiverem suas atividades suspensas.

Acompanhe a cobertura do Em frente. Marche! sobre os impactos do coronavírus no meio marcial brasileiro.

COMPARTILHAR