O dia 18 de agosto é agora o Dia Estadual das Bandas e Fanfarras em Pernambuco. A lei ajuda a consolidar o trabalho das bandas e fanfarras da região e inclui a tradição da música marcial na cena cultural do estado, além de colocar a dia das bandas e fanfarras no calendário cultural de Pernambuco.

Gravação Marco Zero do Recife
Gravação Marco Zero do Recife

O dia 18 de agosto foi escolhido como o dia estadual das bandas e fanfarras, por ser o mesmo dia em que, o então Governador e falecido Eduardo Campos, assinou o decreto que criava a Copa Pernambucana de Bandas e Fanfarras, competição que completou sua 11ª edição neste ano e recebeu a cobertura do Planeta Bandas e do Em frente. Marche!

Conversamos com o Professor Waldenilson Cunha Costa, presidente de honra da Associação de Bandas, Fanfarras e Regentes de Pernambuco, a ABANFARE-RE e Coordenador de Bandas e Fanfarras da Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, sobre como ele avalia a aprovação da lei:

Waldenilson Cunha Costa
Waldenilson Cunha Costa

“A importância é o reconhecimento de um trabalho que é feito por nossas corporações e dos maestros.”

Waldenilson também comentou a importância da lei para abrir novas possibilidades para as bandas e fanfarras do estado.

“[…] nossos segmento no estado de Pernambuco é sólido, e uma política de governo. Mesmo os deputados de oposição reconhecem o mérito. A lei foi aprovada por unanimidade na Assembleia. […] solidifica e facilita nossas ações a partir da inclusão deste dia no calendário cultural oficial. Em breve teremos a Lei do dia Municipal em Recife, já em tramitação na Câmara do Recife.

Para esses e outros conteúdos siga-nos nas redes sociais. E ouça o podcast do Em frente. Marche!, disponível no Spotify, iTunes, Dezzer e nos principais aplicativos de podcast.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here